Entre os assuntos discutidos em reunião entre representantes da Abimci e do banco, está a adequação do Código de Práticas da Caixa para que os financiamentos contemplem produtos que atendam as normas técnicas vigentes

Representantes da Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci) e do Conselho Gestor do Programa Setorial da Qualidade de Portas de Madeira para Edificações (PSQ-PME) foram recebidos pela Gerência Nacional de Padronização de Normas Técnicas da Construção Civil da Caixa Econômica Federal (GEHPA), em Brasília (DF), para a apresentação do programa de certificação de portas de madeira.

O objetivo do encontro foi sugerir mudanças no texto do Código de Práticas da Caixa no que diz respeito às exigências de portas de madeira para que sejam levados em conta especificações e usos contemplados na norma técnica da ABNT.

Foram apresentados aos representantes do banco um resumo das ações e atividades do programa ao longo dos últimos anos, avanços e desenvolvimento tecnológicos obtidos e os produtos já certificados disponíveis para o mercado. As informações compartilhadas visam reforçar a importância de os empreendimentos e habitações financiados pelo banco terem como foco o desempenho e a vida útil do produto, além da necessidade de exigir o atendimento às normas técnicas existentes.

Na avaliação da Abimci, o encontro foi importante para entender as formas de atuação da Caixa e como a Associação pode colaborar com a revisão do documento.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abimci

VOLTAR