Procedimentos simples contribuem para durabilidade do produto

Para manter as portas de madeira com boa aparência e funcionando corretamente, medidas simples de limpeza são recomendadas pelos fabricantes. São cuidados básicos, que contribuem para a durabilidade do produto e indicados pelas empresas que comercializam portas certificadas pelo Programa Setorial da Qualidade de Portas de Madeira para Edificações (PSQ-PME).

Uma orientação é não usar químicos e outros produtos à base de petróleo, independente do acabamento, seja ele madeira, pintura, verniz, revestimento melamínico ou poliéster. O ideal é usar um pano macio umedecido.

Os acessórios que compõem a porta também merecem atenção. Fechaduras embutidas e maçanetas, por exemplo, devem ser limpas com um polidor de acordo com o tipo de metal nas partes externas e spray antiferrugem no cilindro, evitando o uso de graxas e lubrificantes. Já na maçaneta, deve-se utilizar um polidor de metal específico conforme o material, aço inoxidável, aço comum, alumínio ou latão. Graxas, óleos, querosene, gasolina e outros produtos à base de petróleo, ácidos e álcalis prejudicam a vida útil do acessório.

Em portas de correr, que possuem trilhos, é preciso retirar resíduos acumulados com auxílio de aspirador. Já os amortecedores e vedações bastam ser limpos com pano úmido com água.

Para evitar o desgaste precoce das fechaduras de embutir, devem ser tomados alguns cuidados preventivos periódicos. As fechaduras devem ser limpas pelo usuário mensalmente com flanela umedecida e depois com pano seco limpo, e a cada seis meses realizar a lubrificação do cilindro com o spray antiferrugem. A cada 12 meses, é recomendado que uma equipe de manutenção especializada verifique pinos e parafusos.

Quando for necessário pintar a porta, a indicação é retirar fechadura e recolocá-la posteriormente. O uso de fitas dupla face, fita crepe ou qualquer outra fita adesiva como forma de isolamento da fechadura para a pintura, pode danificar os acessórios e não impede que a tinta penetre no interior da fechadura, manchando-a e comprometendo o funcionamento.

Programa de qualidade

Coordenado pela Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci), o Programa Setorial da Qualidade de Portas de Madeira para Edificações (PSQ-PME) representa os fabricantes de portas de madeira do Brasil e tem, entre outros objetivos, suprir as necessidades dos usuários quanto a qualidade dos produtos e atender aos requisitos estabelecidos nas normas técnicas.

Desde 2014, é possível encontrar no mercado portas com a certificação da ABNT. São produtos que atendem à Norma Brasileira NBR 15930. Os produtos certificados passam por um rigoroso controle de qualidade de produção, que inclui testes físicos, mecânicos e de durabilidade para avaliação do desempenho realizados em laboratório.

VOLTAR