Em um novo encontro realizado em janeiro, a Comissão de Estudos de Portas de Madeiras (CE-12) da ABNT deu continuidade às discussões para elaboração da norma técnica ABNT NBR 15930 – Portas de madeira para edificações – Parte 3: Requisitos de desempenho adicionais.

A comissão avançou na avaliação das propostas sugeridas para redação do texto, o requisito de acessibilidade foi amplamente discutido entre fabricantes e construtoras presentes. A CE deu sequências também às tratativas dos requisitos de resistência ao fogo. Para alinhar esse conteúdo, foi criado um grupo de trabalho (GT de fogo) para discutir com os especialistas da área os requisitos específicos exigidos para a porta de madeira resistente ao fogo. Após o encontro do Grupo Técnico com os especialistas de fogo uma nova reunião deverá ser agendada com toda a comissão para conclusão do texto da norma.

A parte 3 da norma contempla também as portas de madeira com isolamento acústico, as destinadas a locais com radiação e saídas de emergência. 

VOLTAR