Para saber qual porta é adequada para cada ambiente de uma edificação é preciso conhecer os diferentes perfis de desempenho dos produtos existentes no mercado.

Confira a seguir:

PIM – Porta interna de madeira

São portas com perfil de desempenho para uso em áreas secas, internas à edificação, como passagens, closets, dormitórios e salas internas.

PIM RU – Porta interna de madeira resistente à umidade

As portas com perfil de desempenho para uso em ambientes internos à edificação com ao menos um dos ambientes molháveis ou molhados, como banheiros, cozinhas e lavanderias são denominadas PIM RU.

PEM – Porta de entrada de madeira

A PEM é uma porta com perfil de desempenho para uso entre a área privada e a área comum de circulação de uma edificação, como entrada de unidades autônomas (entrada de apartamentos) e de compartimentos específicos de edifícios (entrada de quartos de hotéis), abrigadas da radiação solar direta e da chuva.

PEM RU – Porta de entrada de madeira resistente à umidade

São portas com perfil de desempenho para uso como uma PEM, porém com especificações de resistência à umidade, como em entrada de serviço, desde que protegidas da radiação solar direta e da chuva.

PXM – Porta externa de madeira

As portas para uso em entradas de unidades/edificações expostas à radiação solar direta, a chuvas e ao vento são chamadas de PXM. São usadas como porta principal da unidade voltada para o exterior, porta de garagem, de varanda e áreas de serviço desprotegidas.

Foto capa: Rohden

VOLTAR