Objetivo é facilitar a migração de crédito imobiliário de taxas antigas para taxas mais novas e de menor porcentagem

Caixa Econômica Federal irá lançar em março um programa de crédito imobiliário com taxa prefixada, ou seja, sem nenhum tipo de correção. O objetivo é facilitar a migração de crédito imobiliário de taxas antigas para taxas mais novas e de menor porcentagem.

“Isso é importante porque você poderá contratar crédito imobiliário de 30 a 35 anos e saber quanto pagará pelos próximos 30 ou 35 anos”, informou Pedro Duarte Guimarães, presidente da Caixa.

No ano passado, a Caixa reduziu sua taxa máxima de juros de 9,50% mais Taxa Referencial (TR) para 8,50% ao ano mais TR, e a taxa mínima passou de 7,5% mais TR para 6,75% mais TR. Logo em seguida, outros bancos seguirão o exemplo da Caixa: o Itaú baixou sua taxa mínima de 8,30% ao ano mais taxa referencial (TR) para 7,45%; o Bradesco reduziu de 8,10% ao ano mais TR para 7,30%; e o Santander diminuiu de 8,50% para 7,99%.

“Vocês vão lembrar que quando a Caixa lançou, há alguns meses, [crédito imobiliário com correção vinculado ao IPCA] o mercado criticava muito. Hoje há, segundo o BC, 16 bancos que também oferecem crédito imobiliário pelo IPCA”, disse Guimarães.

Fonte: AeCweb

VOLTAR