Evento exclusivo para fabricantes participantes do Programa Setorial da Qualidade de Portas de Madeira para Edificações tem o objetivo de padronizar informações técnicas

Começou na terça-feira, 27, e segue até hoje, 28 de novembro, a primeira edição do Workshop Técnico do Programa Setorial da Qualidade de Portas de Madeira para Edificações (PSQ-PME), promovido pela Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci), em Curitiba (PR). O evento reúne profissionais de departamentos técnicos e comerciais das empresas participantes do Programa.

Com mais de 80 participantes de diferentes fabricantes, o objetivo é promover uma melhor padronização das informações técnicas da norma de portas, que foi atualizada este ano, e consolidar o entendimento das exigências da norma de desempenho da construção civil entre os participantes do programa, proporcionando para as equipes comerciais das empresas mais ferramentas de argumentação técnica para venda do produto.

Para o superintendente da Abimci, Paulo Pupo, o evento acontece em um momento importante, em que se espera uma recuperação da demanda da construção civil para 2019, principal mercado para o segmento. “O desempenho do produto, a melhoria da qualidade e a garantia dos produtos se tornam cada vez mais fatores decisivos no concorrido mercado da construção civil, e, informações técnicas padronizadas e atualizadas serão importantes ferramentas de vendas para as empresas do programa”, afirma o superintendente.

Os profissionais tiveram acesso a informações sobre as atuações do Programa, as exigências da norma de portas de madeira e as mudanças ocorridas recentemente, como são realizados os ensaios nas portas e os requisitos da norma de desempenho da construção civil que se aplicam às portas.

De acordo com o arquiteto e pesquisador do Laboratório de Componentes e Sistemas Construtivos do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicos), Thiago Salaberga Barreiros, os ensaios foram pensados no uso da porta para garantir o desempenho adequado. “Os ensaios são mais rigorosos do que as situações reais. Dessa forma, hoje as portas que estamos ensaiando atendem a norma europeia”, afirma o pesquisador, que ressaltou o alto nível de qualidade das portas de madeira brasileiras.

Para contextualizar os profissionais sobre o atual momento da construção civil, foram apresentados os dados recentes divulgados pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC) que mostram uma pequena recuperação do segmento no terceiro trimestre de 2018 e tendência positiva para 2019.

No segundo dia do evento, serão apresentadas as exigências técnicas pelos órgãos oficiais, a certificação da ABNT e como especificar portas por desempenho. Além disso, uma dinâmica com os participantes irá permitir levantar as principais demandas técnicas dos produtos por parte do mercado, as situações e os problemas enfrentados pelos técnicos e comerciais das empresas associadas no dia a dia.

Fonte: Interact Comunicação e Assessoria de Imprensa
Fotos: Gelson Bampi

VOLTAR